(62) 9 9169-3200
Concurso Público 2017: Redação ou prova objetiva, por onde começar?

Blog Realiza

Notícias e Artigos

Concurso Público 2017: Redação ou prova objetiva, por onde começar?
em 20 de julho de 2017
  • Artigos dos Professores

Ao se depararem com as provas, principalmente com conteúdos desconhecidos, milhares de concursandos entram em desespero e chegam a colocar tudo a perder. É aí que vem a pergunta: redação ou prova objetiva, por onde começar?

De qualquer forma, o aconselhável é fazer uma leitura de toda a prova assim que recebê-la. Com a leitura o concursando terá uma visão detalhada da prova afim de perceber o nível que se encontra. Considerar o perfil, ritmo e prática de cada estudante é a melhor forma de iniciar o processo.

Tempo

É preciso prever, de forma geral, o tempo que deverá ser destinado para a resolução de cada questão, levando em conta a produção da redação e o preenchimento do cartão-resposta. A variação do tempo em responder as questões deve ser levado em conta, já que nas questões mais fáceis será exigido um menor esforço, enquanto nas mais difíceis, será preciso dedicar mais tempo para sua resolução.

Começar pelas fáceis ou difíceis?

É importante lembrar que a primeira e a última hora do concurso tendem a ser menos produtivas, por conta do cansaço e ansiedade respectivamente.

Uns preferem começar pelas questões mais fácies, afim de ficar mais tranqüilo e conquistar a confiança. Outros pelas questões mais difíceis pelas disciplinas e/ou provas com maior peso, para tentar alavancar uma vantagem em relação aos concorrentes.

Se o concursando optar por começar a prova pelas questões objetivas, a vantagem é que a leitura dos enunciados poderá auxiliá-lo na produção da redação e ele terá autonomia para resolver as questões fáceis, produzir o texto e depois retornar para a parte objetiva, se tiver interesse.

Se o concurseiro optar por fazer a redação em primeiro plano ele ficará mais tranqüilo para responder as questões objetivas, mas isso depende de cada candidato. O ideal é que ele a finalize a redação para só depois responder as perguntas de múltipla escolha. Interromper a linha de raciocínio pode ser prejudicial para o seu desempenho na redação. Além disso, desta forma, é possível ter um maior controle do tempo restante e mais disposição.

Eu, professor Hélio Lúcio, indico para meus alunos, começar pela redação e posteriormente as questões objetivas.

Deixe um Comentário